quinta-feira, 26 de março de 2009

O ÍNDIO AMAZÔNICO JORGE MAUTNER

Clay Sam e Jorge Mautner em Belém do Pará.

Publicado por Aroldo Pedrosa 12.03.2006

A relação do escritor-cantor-compositor Jorge Mautner com a Amazônia não é de hoje. No livro Fragmentos de sabonete – e outros fragmentos, que carrego a bordo, na página 111 ele conta um pouco da sua história:
“Meu pai, Paul Mautner, foi o patriota brasileiro e nacionalista amante do Brasil que jamais conheci! Claro, ao chegar por aqui naturalizou-se o mais depressa possível. Foi aos meus doze anos que ele me trouxe tacape, arco e fecha de uma tribo indígena amazônica, região para a qual havia viajado a negócios”.
O pai de Jorge Mautner era judeu. Nascera na Áustria, assim como a mãe, mas que não era judia. Tiveram que fugir da perseguição nazista em 1941 para o Brasil. Um mês depois, Mautner nascia no Rio de Janeiro. Ele costuma dizer que é filho do Holocausto. E é essa figura cheia de graça e magia que há 10 dias viaja conosco no Navegar Amazônia. Nosso técnico Clay Sam, depois de ler também no livro, faz a trilha sonora com Caetano:

Um índio descerá de uma estrela colorida brilhante
De uma estrela que virá numa velocidade estonteante
E pousará no coração do Hemisfério Sul na América
Num claro instante
Depois de exterminada a última nação indígena
E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida
Mais avançado que a mais avançada das mais avançadasdas tecnologias…

PIT STOP


Uma paradinha para registrar a visita aqui no Blog dos meus amigos Fabinho(com o violão) Marco Antonio, Cumpadre Zé Miuguel
e IEU sô!
ÉEEEEGUUUUUAAAAÁ DO ENCONTRO.
REGISTRO MAIS QUE JUSTO.

terça-feira, 24 de março de 2009

ESTOU VIAJANDO



Estou em viagem para o interior do Estado. Infelizmente, telefonia e internet por aquelas bandas de lá ainda é coisa de outro mundo.

A propósito, esperei mais de 15 minutos para fazer esta postagem.

Internet em Macapá é coisa de "FICÇÃO CIENTÍFICA".

sexta-feira, 20 de março de 2009

CRUZ, CREDO !!!!!!



A Assembléia Legislativa condecorou Ministro como cidadão amapaense. E daí ???
Daí que parece que existe uma maldição com relação a “monção”. A ultima delas conferida a um certo empresário do ramo de minerais resultou num escândalo a nível nacional. No caso do .... hã hã, (não podemos citar nome por causa de processo), o certo é que ele não goza de tanta popularidade na esfera judicial.




Obrigado e continue acessando.

segunda-feira, 16 de março de 2009

MACAPÁ NA ONDA DA COMUNICAÇÃO


Pelo menos 03 novos veículos de Comunicação deverão ser inaugurados em breve. Na vizinha Santana está tudo confirmado para o dia 27 de março a inauguração do Jornal Santana Agora, mais um impresso das Organizações ED e em Macapá a novidade será a programação da Rádio Tarumã FM, que seguindo o padrão da Forte FM, deverá investir no segmento Jornalismo e Musica Popular Brasileira e Amapaense.
A terceira estréia será a Record News Santana, com 04 horas de programação diária. Jornalismo também será o foco central da mais nova afiliada da Record News Nacional.

Vamos aguardar estas novas oportunidades no Mercado de Trabalho.

sexta-feira, 13 de março de 2009

BOA SORTE

Meu carinho e votos de realizações profissionais à minha querida Josi, pela sua conclusão de Curso na área de Turismo, pelo IESAP.
Os votos também são extendidos a todos os seus colegas de turma.

Boa Sorte galera. Porém lembrem-se que o "Canudo" é apenas um braço para se conquistar espaço no Mercado de Trabalho. Competência, Seriedade, Profissionalismo e Versatilidade são pontos chanes para a conquista de novos horizontes.

um abraço

REMEMBER YESTERDAY..

Conheci Geraldo Azevedo em meados de 1991, durante um show, na cidade Santarém do Pará. Confesso que estou acostumado a fortes emoções, mas, ao reencontrá-lo em Macapá, anos depois, foi um momento extremamente marcante.

O encontro me remeteu a um tempo em que cantava para minha querida F... sob a luz da lua de Alter do Chão:


“...Se você quiser pro que der e vier comigo”
(Dia Branco)


Geraldo é um excelente compositor e um dos mais célebres interpretes da nossa canção. Um exímio representante da Música Nordestina e digno de toda a nossa admiração.


Daí o motivo deste registro.

PROGRAMAÇÃO DA FORTE FM – 99,9 MHZ


------------------------------------------------------------------------------
07:00 – RÁDIO COMUNIDADE
Com Edinho Duarte e Clay Sam
Um programa jornalístico com a participação do ouvinte pelo 3217-8777- “Telefone sem Censura”, Entrevistas, Comentários e “O giro de notícias” com os repórteres Garcia Brito e Washington Vieira.

09:00 – MANHÃ + FORTE
Com Robertão Carioca
Música, brincadeiras, prêmios, informação e entretenimento. Tudo isso com a interatividade do ouvinte.

12:00 – DEBATE NA FORTE
Com Rodolfo Juarez e Convidados
Um programa onde a noticia é debatida com a opinião de quem entende do assunto e mais: os quadros “Paredão”, “Entrevista do Dia” e “Participação do Ouvinte”.

13:30 – O TROCO NO AR
Com Da Lua e a Turma do troco
Diversão, humor, prêmios e os fatos do dia divulgados com muita irreverência.

15:00 – TOCA TUDO NA FORTE
Com Garcia Brito
Um programa com muita música, promoções, grandes agitos e os lançamentos em primeira mão pelo locutor da galera Garcia Brito. Sucesso há mais de 10 anos no rádio amapaense.

17:00 – TOQUE DE PRIMEIRA
Com Barbosa Neto e Tarcísio Franco
O resumo dos principais acontecimentos esportivos do Brasil e do mundo sob o comando da equipe show de bola do rádio amapaense.


SINTONIZE UMA FORTE EMOÇÃO
RADIO FORTE FM 99,9 MHzLigue e participe: 3217-8777

ESTAMOS NA MÍDIA



Foi durante a edição do Programa do nosso companheiro Belair Jr., da Quinta, dia 12, que o blog “www.claynews.blogspot.com” foi citado com referência ao seu conteúdo jornalístico.
Agradeço aos comentários do “nobre jornalista” e também respeito sua posição, muito embora acredite que “Nunca sabemos tudo, os mais sábios são os mais humildes e, é exatamente por isso que aprendo algo todos os dias. E mais, a cada dia sabemos menos sobre nós mesmos”. Somos livres para falar e entendermos as coisas porque no censo comum não nos responsabilizamos por nada do que falamos, não estamos sendo avaliados por ninguém.
Quisera alguém saber a chave dos problemas sociais. Enquanto não sabemos, usamos os MCM para divulgar nossos pensamentos.

Obrigado e continue acessando.

quarta-feira, 11 de março de 2009

CLAY SAM NO RÁDIO





Salve amigos blogueiros,

Desde o dia 02 de Fevereiro que estou ancorando o Programa
“Rádio Comunidade” na FORTE FM 99,9 Mhz, das 7 às 9 horas da manhã. A proposta do programa, como já diz o próprio nome, são os assuntos relacionados à comunidade.

Além das “Notícias do Dia” e “Manchetes dos Jornais”, o ouvinte pode participar pelo 3217-8777 o “Telefone Sem Censura”, um quadro onde o cidadão pode informar, reclamar ou denunciar problemas sociais existentes no seu bairro ou na sua rua. O programa conta ainda com a participação de 02 repórteres externos que passam as informações de qualquer ponto da cidade.

OUÇA E CONTRIBUA COM SUGESTÕES.
http://www.claysam@bol.com.br/

AULA DA SAUDADE





Por: Clay Sam

A turma de Jornalismo Professor Alexandre Brito participou na quinta, dia 05, da tradicional aula da saudade e inauguração de sua placa de honra ao mérito.

Entre um discurso e outro, nossos companheiros brindaram o sucesso alcançado com um delicioso coquetel.

A galera do Blog deseja Sucesso sucessivo na sucessão do sucesso !
Boa Sorte aos novos profissionais.

quarta-feira, 4 de março de 2009

O índio amazônico Jorge Mautner

Publicado por Aroldo Pedrosa 12.03.2006 - no site www.navegaramazonia.org.br


A relação do escritor-cantor-compositor Jorge Mautner com a Amazônia não é de hoje. No livro Fragmentos de sabonete – e outros fragmentos, que carrego a bordo, na página 111 ele conta um pouco da sua história:
“Meu pai, Paul Mautner, foi o patriota brasileiro e nacionalista amante do Brasil que jamais conheci! Claro, ao chegar por aqui naturalizou-se o mais depressa possível. Foi aos meus doze anos que ele me trouxe tacape, arco e fecha de uma tribo indígena amazônica, região para a qual havia viajado a negócios”.
O pai de Jorge Mautner era judeu. Nascera na Áustria, assim como a mãe, mas que não era judia. Tiveram que fugir da perseguição nazista em 1941 para o Brasil. Um mês depois, Mautner nascia no Rio de Janeiro. Ele costuma dizer que é filho do Holocausto. E é essa figura cheia de graça e magia que há 10 dias viaja conosco no Navegar Amazônia. Nosso técnico Clay Sam, depois de ler também no livro, faz a trilha sonora com Caetano:

Um índio descerá de uma estrela colorida brilhante
De uma estrela que virá numa velocidade estonteante
E pousará no coração do Hemisfério Sul na América
Num claro instante
Depois de exterminada a última nação indígena
E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida
Mais avançado que a mais avançada das mais avançadasdas tecnologias…

terça-feira, 3 de março de 2009

Espetacularização da Vida Cotidiana

Se você tiver estômago forte, experimente temperar o seu almoço com a carnificina mostrada certos canais de televisão macapaense. Pois é, a partir do meio dia até as duas da tarde, essas emissoras mostram o quê que a cidade também tem. Sangue, mutilação, pancadaria, mais pancadaria e mais sangue.

Chego a pensar de programas do tipo Bronca Pesada (alusão à dois programas existentes na capital paraense – barra pesada e metendo bronca), Chumbo Grosso e Patrulha da Cidade foram colocados no ar pelas TV´s Tucujú, Maní e Santana com a mesma temática, pelas minhas contas: um para "abrir" o apetite, outro para acompanhar o almoço e mais um para digestão.

E a sociedade macabra bem que gostaria de mais, hein? É assustadoramente incrível a reação das pessoas vendo uma OUTRA PESSOA sendo espancada. Acreditem, elas dão gargalhadas, enquanto nossas autoridades não tomam iniciativa de limitar os “absurdos” exibidos diariamente na telinha amapaense.